Ser benfiquista, ou não ser…eis a questão!

Nos ultimos dias tem-se visto um pouco por todo o lado comentários (crónicas, entrevistas, etc.) a colocarem em causa quem é benfiquista e quem não é, ao que parece quem critica o actual estado de coisas não é benfiquista e está a mando de alguém.

O que eu tenho a dizer a esses senhores, pelo menos a alguns deles da estrutura do Benfica que andaram por ai a dar entrevistas, é batam na boquinha antes de falar…

Eu sou crítico do actual estado de coisas e não estou a mando de ninguém, e não admito que questionem o meu benfiquismo.

Nasci a cerca de 1 km do estádio da luz, e logo desde tenra idade (2 semanas de vida) fui feito sócio do Benfica, durante 25 anos vivi a uma caminhada do estádio, para onde comecei a ir ver jogos desde os meus 3/4 anos, e foi ai que começou a enraizar-se o meu amor pelo Benfica nunca mais parando até aos dias de hoje. Sou águia de prata, o meu clube de bairro é o Benfica, o meu clube de região é o Benfica, o meu clube nacional é o Benfica, o meu clube no mundo é o Benfica. Não festejo vitórias do Real Madrid, do Barcelona, do Manchester United ou do Milão, não sou sócio do Benfica e de outro clube ao mesmo tempo, não saio mais cedo de um jogo do Benfica para ir ver um outro jogo qualquer estrangeiro, eu sou Benfica da ponta dos pés à ponta dos cabelos.

Eu vi jogar no Benfica Silvino, Neno, Veloso, Álvaro Magalhães, Shéu, Diamantino, Rui Águas, César Brito, Valdo, Ricardo Gomes, Mozer, João Vieira Pinto, Rui Costa, Poborsky, e tantos, tantos outros;

Eu vi o Benfica ser presidido por Fernando Martins, João Santos, Jorge de Brito, Manuel Damásio, Vale e Azevedo, Manuel Vilarinho e por fim Luís Filipe Vieira;

Eu vi o Benfica em duas finais europeias da Taça dos Campeões Europeias e lembro-me de chorar baba e ranho quando perdemos a de 1990 para o Milan, não era meias-finais para o Braga;

Vi o Benfica ser várias vezes campeão, e não era de 5 em 5 anos;

Vi o Benfica em 1991, a ser maltratado nas Antas (história do balneário), e a sair de lá superiormente com uma vitória e um campeonato no bolso, e sem grandes queixinhas ou folclores;

Vi o Benfica passar por uma enorme crise no verão “quente” de 93 e mesmo assim, nesse ano ir dar uma lição ao Sporting com o 3-6 e ser campeão;

Vi Manuel Damásio ter a humildade de se demitir quando viu que não conseguia ser um bom presidente para o Benfica;

Vi o Vale e Azevedo, a trazer gente para o estádio quando o Benfica pouca gente metia a ver os jogos, mas também o vi mentir e arrastar ainda mais o Benfica para o buraco;

Vi no antigo estádio, a cada jogo menos bom ou atitude menos compreendida do Presidente, os adeptos a reunirem-se em massa na saída das garagens da antiga Luz, ao lado da entrada principal, e a exigirem explicações aos jogadores/dirigentes, com exigência;

Vi deitarem abaixo o velhinho estádio com uma dor no coração enorme, e vi Manuel Vilarinho a inaugurar o novo;

Vi Luís Filipe Vieira entrar para presidente do Benfica, quando ninguém o conhecia, a não ser de ser presidente do Alverca e amigo do Pinto da Costa;

Vi o Benfica a ser maniatado da sua democracia e valores e a ter atitudes à Porto, que o Benfica sempre condenou;

Vi o lento adormecer dos adeptos e sócios, embalados por histórias de adormecer demagógicas, perdendo toda a sua exigência do passado;

Vi o Benfica a perder o domínio do futebol nacional, e a ser ultrapassado em conquistas internacionais;

Eu festejei, sofri, chorei Benfica de 1982 até aos dias de hoje!

E durante este tempo onde andavam, António Carraça, Luis Filipe Vieira, Domingos Soares de Oliveira, etc? Andavam a festejar vitórias de outros clubes (dos deles, que não é o Benfica), andavam a fazer-se sócios de clubes rivais, em abraços e amizades com presidentes e dirigentes de clubes rivais…

E são estes senhores que colocam em causa o benfiquismo de quem não apoia? De benfiquistas como eu e outros, que sempre sofreram pelo Benfica e defenderam o clube, acima de quem o estava a representar na altura.

Felizmente, enquanto existir um benfiquista assim, com exigência, com sede de vitórias, com sede de ver o Benfica à Benfica, o verdadeiro Benfica nunca morrerá.

Enquanto existir um benfiquista à Benfica, o Benfica na sua essência, o Benfica que Cosme Damião fundou, os seus valores, a sua democracia e a sua exigência jamais morrerá!

Eu sou Benfica!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Jogo de Sintonia

O Jogo convida. A Sintonia envolve.

Filipe Pinheiro

This is the place where I share my art work! enjoy it! Este é o espaço onde partilho os meus trabalhos de arte! Divirtam-se! Oil Painting, Acrylic Painting, Charcoal Drawings, Painting Artist, Pintor de Arte, Quadros a Óleo, Retratista, Desenhador Grafite,Pastel Seco, Soft Pastel

Desabafos De Um Português

"Quando você superar o medo, encontrará coisas lindas do outro lado."

DjokerSoft

My code may not be the most bug-free in the world, and my techniques may not be the most efficient, but I’m trying my best.

Memória Gloriosa

Benfica Anonymous

Dias úteis

Benfica Anonymous

Chama Gloriosa

Benfica Anonymous

Catenaccio

Benfica Anonymous

Cabelo do Aimar

Benfica Anonymous

NovoGeraçãoBenfica

Benfica Anonymous

Lá em casa mando eu

Benfica Anonymous

Eterno Benfica

Benfica Anonymous

Em Defesa do Benfica

Benfica Anonymous

A Mão de Vata

Benfica Anonymous

NDRANGHETA

Benfica Anonymous

Bola7 Inc.

Just another WordPress.com weblog

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d bloggers like this: