A Queda dos Benfiquistas Associados e a ascensão dos Benfiquistas “clientela”

Corria o ano de 2001, mais precisamente a dia 28 de Setembro de 2001, quando:

“Os sócios do Benfica aprovaram hoje, por uma maioria esmagadora (37.833 votos a favor e 3093 contra), a construção do novo Estádio da Luz, que será um dos palcos do Euro 2004. O vice-presidente do Benfica para a área do património, Mário Dias, já disse que as obras vão arrancar na próxima segunda-feira.

Praticamente durante um ano, a participação do Benfica no Campeonato da Europa de futebol de 2004, o mais importante evento desportivo alguma vez organizado em Portugal, esteve em dúvida devido uma série de situações que transformaram a questão em torno do futuro estádio do Benfica numa autêntica novela que só este sábado conheceu o seu capítulo final com a aprovação dos sócios, por esmagadora maioria, para a construção do novo estádio.

Num escrutínio por voto secreto (ao invés do habitual erguer da mão), que se realizou no pavilhão Borges Coutinho e que contou com a participação de 2.593 sócios, apenas 7,5% dos presentes votaram contra a construção do novo estádio, ou seja, depois da vitória esmagadora do projecto da criação da SAD, a direcção de Manuel Vilarinho voltou a receber um apoio incondicional dos associados encarnados e, deste modo, vê reforçada a sua posição.

Com o aval dos associados para o avanço da obra, o futuro recinto dos encarnados será, muito provavelmente, o palco da final do Europeu de 2004 uma vez que o continuará a ser o maior estádio do país. O novo estádio do Benfica será o sexto da história do clube e, segundo o vice-presidente do Benfica para a área do património, Mário Dias, o arranque obras é já na próxima segunda-feira.

O novo recinto ocupará os terrenos onde estão actualmente situados os campos de treino número 2, 3 e 4 e ainda atinge ainda uma parcela do actual estádio, sendo que cerca de 30.000 metros quadrados serão destinados a áreas comerciais e de lazer.

Depois de resolvido os termos finais do contrato de empreitada com a construtora Somague, que englobou a entrada da instituição bancária BANIF, falta agora o acordo com a Câmara Municipal de Lisboa relativamente à questão do Plano Directório Municipal.” – Retirado do jornal Record

Para mim, foi após esta assembleia que o associativismo no Benfica começou a adormecer até ao completo “coma” dos dias de hoje. Senão vejamos o que aconteceu na assembleia de alteração dos estatutos, também ela extraordinária e de grande importância e impacto no clube, realizada no dia 1 de Maio de 2010:

Os novos estatutos do Benfica foram aprovados na noite desta sexta-feira, em Assembleia Geral, com o voto favorável de uma maioria de mais de uma centena de sócios. Entre as alterações, destaca-se a imposição de um candidato à presidência ter mais de 25 anos de filiação e a extensão dos mandatos de três para quatro anos.

Luís Nazaré, presidente da AG, fez um balanço «positivo». «Foi uma AG participada e todos tiveram oportunidade de discutir e votar as várias propostas democraticamente como é apanágio deste clube, num sinal de grande vitalidade e participação dos sócios», destacou do dirigente.

Com as novas alterações, os futuros candidatos aos órgãos sociais do clube terão de ter, no mínimo, 43 anos de idade, uma vez terão de ter 25 anos ininterruptos de sócios efectivo (desde a maioridade), enquanto os estatutos anteriores permitiam eleger um presidente com 23 anos (5 anos de sócio efectivo).” – Retirado do jornal Record

Nove anos volvidos, de 2001 a 2010, a participação desceu para 5% do que era antigamente e o ainda actual Presidente da Mesa da AG congratulava-se por ser uma AG que demonstrava um grande sinal de “vitalidade e participação dos sócios”. Isto é desconhecer a história do Benfica e a confirmação de que o associativismo está em coma profundo.

Desde os tempos de Manuel Vilarinho que o associativismo do Benfica tem sofrido um adormecimento exponencial e no sentido inverso a visão de benfiquista “cliente” tem aumentado exponencialmente.

Lembro-me bem de antigamente ir até às AG com o meu pai, AG essas nos antigos pavilhões da Luz e que estavam invariavelmente sempre bem compostos mostrando bem a força dos sócios do Benfica. Eram AG participadas, em que todos os sócios podiam falar à vontade, e a AG só terminava quando todos os sócios terminassem a sua intervenção. Muitas horas passei a jogar à bola com amigos ali pelo estádio à custa disso…

Depois, tal como disse, fomos chegando à realidade actual em que temos as Assembleias com uma centena de pessoas, por vezes menos, em que não há debate, não há ideias, não há quase nada.

Hoje o Benfica vê os seus sócios como clientes, não existam dúvidas disso. Querem é que os sócios paguem as quotas, comprem Red Pass, comprem bilhetes para a Champions, comprem pedras, comprem t-shirts dos bigodes, comprem preservativos, comprem jacuzzis, comprem fotos com a águia vitória, etc. E para tudo isto, são enviados e-mails, SMS, são feitos telefonemas insistentes, tudo a bem do sócio gastar o seu dinheiro no Benfica. Não acho isto mal, desde que esta mesma vontade fosse demonstrada no que toca a chamar os sócios a participar na vida activa do clube, nomeadamente nas Assembleias Gerais do Clube. Mas isso não acontece, quando toca a chamar os sócios para decidir o que ainda podem decidir, e que já não é muito, não existe divulgação, não existe telefonemas, não existem SMS, não existem e-mails, não existe nada. Apenas um breve comunicado na página oficial do clube e que passados alguns dias já nem se consegue encontrar, tal a profundeza cibernética em que é enfiado…

Eu sou culpado, sou culpado porque durante bastantes anos fui embalado por esta “música” e deixei de ter participação activa no clube.

Existem dois tipos extremos de adeptos do Benfica:

O novo adepto do Benfica, o “cliente” – Não assobia, que diz que sim a tudo, que manda calar a claque, que agarra no telemóvel a meio do jogo do Benfica para ver quanto está o Real Madrid e que no fim do jogo, mesmo em caso de derrota do Benfica, aplaude e vai para os copos com os amigos, com a indiferença e a naturalidade de quem vai ver um filme ao cinema, ou dar um passeio ao jardim.

 O sócio do Benfica à antiga, o “associado” – Claramente em extinção, lambe todos os jogos do Benfica, modalidades incluídas, que não come e não dorme depois de um mau resultado, que manda os jogadores para certos sítios quando estão a jogar mal, que vai às AG e que o Benfica é presença do seu dia-a-dia.

Eu durante muitos anos mantive-me como sendo uma estirpe do sócio do Benfica à antiga, via sempre os jogos do Benfica, com um ou outro jogo de modalidades, ficava mal disposto após cada mau resultado, ligava q.b ao que se passava na vida do clube, mas não ia as AG e deixava o Benfica seguir o caminho que a direcção bem entendia.

O que aconteceu ao longo destes anos é que a maioria dos benfiquistas começou a seguir o caminho inverso ao desejável, começaram a ficar infectados pelo “canto da sereia” feito pelas ultimas direcções e começaram a caminhar para o adepto “cliente”, deixando o clube entregue ao belo prazer de quem o comanda, sem nunca questionar e sem nunca debater o que se passa no Benfica, enquanto o mesmo se ia endividando, ia apoiando determinadas pessoas, vindas do núcleo da corrupção, para altos cargos do futebol português,, enquanto os anos passavam e os títulos escasseavam, etc.  Eu preferi o inverso, comecei a batalhar para prestar mais atenção ao clube, ao que o rodeia, ao seu dia-a-dia, a debater o Benfica, a questionar o que se vai passando no clube, a revoltar-me perante este adormecimento que está a acabar com o Benfica.

Se repararem bem isto é tudo um pouco como o que se passou no país, em que era o “deixa andar” e que nos levou aos dias de hoje…

A meu ver é tempo de colocar um travão a isto, tal como o povo está a tentar por um travão ao “deixa andar” do país.

É tempo de os benfiquistas começarem a participar activamente no clube, começarem a questionar, a debater, a batalhar, para que o clube não definhe e se feche sobre si próprio, mas sim que se expanda, que cresça e que o clube seja realmente dos sócios ao contrário do que nos “vendem” hoje. Só assim o Benfica poderá voltar a ser o Benfica que todos querem, sejam os críticos, os apoiantes, os gordos, os magros, os altos, os baixos, os detractores, os sem tractor, os abutres, as águias, é preciso reactivar o associativismo do clube, é necessário que os sócios tenham voz activa e que realmente deem uso à função de ser sócio do clube, ou seja, decidir realmente o que se passa no clube!

É por isso que apelo a todos que amanhã, se juntem, façam um esforço (para quem é de longe), larguem o sofá, larguem o ginásio, larguem a TV, larguem o PC, larguem tudo, e apareçam no pavilhão n.º2 do estádio da Luz às 20.30h para discutir sobre o Benfica! Discutir o porque do enorme passivo e do seu constante aumento (sejam 539 milhões ou sejam 470), discutir o porque de tanto tempo sem ganhar, discutir o porque dos apoios a gente corrupta, discutir o porque de o Benfica ter tanta gente que são adeptos de outros clubes, discutir o que vão fazer com a Olivedesportos, discutir o que vão fazer com a arbitragem em Portugal. Discutir Benfica, ver Benfica, respirar Benfica e decidir sobre o Benfica!

Viram como o povo conseguiu fazer o Governo voltar atrás com o que o povo não queria? Porque é que os Benfiquistas não podem fazer o mesmo em relação ao que não concordam no clube? Ou acham que está tudo bem no clube e está tudo perfeito? Lembrem-se, nada nem ninguém é perfeito e existem sempre oportunidades de melhorar, mas essa melhoria só é feita com debate.

Deixem de ser sócios de sofá e passem a ser sócios activos! Vamos encher o pavilhão e pelo menos ai, fazer lembrar o Benfica activo do antigamente!

Não se esqueçam, amanhã às 20.30h no pavilhão n.º2, 11 anos depois da assembleia onde o associativismo começou a morrer, existe um AG importante. Eu vou lá estar! E vocês?

P.S – Enquanto escrevia este texto, ironia do destino, lá recebi mais uma mensagem do Benfica para uma sessão de autógrafos e para comprar o meu bilhete para o Benfica-Barcelona. Ainda estou à espera da mensagem para a AG…

Anúncios

6 thoughts on “A Queda dos Benfiquistas Associados e a ascensão dos Benfiquistas “clientela”

  1. Confirmo a minha presença. Já agora, com a V/ permissão: “Com as novas alterações, os futuros candidatos aos órgãos sociais do clube terão de ter, no mínimo, 43 anos de idade, uma vez terão de ter 25 anos ininterruptos de sócios efectivo (desde a maioridade), enquanto os estatutos anteriores permitiam eleger um presidente com 23 anos (5 anos de sócio efectivo).”. Parece-me que o Record não leu os estatutos do SLB antes de noticiar. Isto porque o artigo 61.º, n.º 2 dos nossos Estatutos refere explicitamente: “O Presidente da Direcção terá obrigatoriamente pelo menos vinte e cinco anos ininterruptos como sócio efectivo, concomitantes com a data da eleição.”. Não sei onde foram buscar a maioridade…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Jogo de Sintonia

O Jogo convida. A Sintonia envolve.

Filipe Pinheiro

This is the place where I share my art work! enjoy it! Este é o espaço onde partilho os meus trabalhos de arte! Divirtam-se! Oil Painting, Acrylic Painting, Charcoal Drawings, Painting Artist, Pintor de Arte, Quadros a Óleo, Retratista, Desenhador Grafite,Pastel Seco, Soft Pastel

Desabafos De Um Português

"Quando você superar o medo, encontrará coisas lindas do outro lado."

DjokerSoft

My code may not be the most bug-free in the world, and my techniques may not be the most efficient, but I’m trying my best.

Memória Gloriosa

Benfica Anonymous

Dias úteis

Benfica Anonymous

Chama Gloriosa

Benfica Anonymous

Catenaccio

Benfica Anonymous

Cabelo do Aimar

Benfica Anonymous

NovoGeraçãoBenfica

Benfica Anonymous

Lá em casa mando eu

Benfica Anonymous

Eterno Benfica

Benfica Anonymous

Em Defesa do Benfica

Benfica Anonymous

A Mão de Vata

Benfica Anonymous

NDRANGHETA

Benfica Anonymous

Bola7 Inc.

Just another WordPress.com weblog

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d bloggers like this: